Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
A poesia é água cristalina, sacia a sede, alimenta o espírito. Já não posso mais dizer se ela quem me habita ou o contrário. Como explicar sobre? A escrita é uma lâmina afiada, um vulcão, ou apenas ilha de águas mornas, banha pés descalços... Nunca quis definir a poesia, melhor esquecer-se das explicações. Escrever passou a ser janela exposta, que por hora, mantêm-se aberta ao mundo de quem lê. *** Mineira/Paulistana/ Poeta, Escritora, Administradora de Empresas, Pós Graduada em Gestão Empresarial. Laureada com o III Prêmio Canon de Literatura e Poesia em 2010. Márcia Christina Lio Magalhães é Sócia-Fundadora da Academia de Letras Juvenal Galeno, onde ocupa a Cadeira nº 10. Diretora de Relações Culturais da ALJUG. Membro da ACE - Associação Cearense de Escritores. Este Blog é dedicado a todos os amantes da poesia e que possamos através dela, unir horizontes, atravessar oceanos, iluminar os corações, alegrar os solitários, apaziguar a alma, multiplicar as amizades, eternizar as emoções. Sejam bem vindos!*** Livros Publicados: POETAR É PRECISO - 1° edição 2010 ** A PELE QUE HABITO - 1° edição 2013.

18 de ago de 2011

Desafio


Há alguns dias atrás, a querida amiga Andy do http://andy-luaprateada.blogspot.com/ fez-me um Convite muito especial, em participar de uma Desafio. Aceitei de imediato, mas confesso que demorei um pouco a vir postar no blog, por conta de pensar em tantos livros que já li, em momentos únicos, que às vezes falham-me a memória...
Ler é uma prece! Um silêncio único, um desafio verdadeiro, em que nós nos colocamos deliberadamente, muitas vezes em busca de algo que nos surpreenda, tirando-nos do mundo "real", para que através das palavras, os sonhos tornem-se realidade, as divagações carnais, e as certezas, vento e maresia... 

Eis um pouco do que passou por mim e cabe na palma das mãos, e o coração guarda...

1 - Existe um livro que relerias várias vezes?
Sim, vários!! 
2 - Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Os Irmãos Karamázov de Dostoiévski, já comecei a ler inúmeras vezes e nunca terminei...
3 - Se escolhesses um livro para ler no resto da tua vida, qual seria?
Um livro que li na adolescência Zadig, Ou o Destino de Voltaire.
4 - Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?
Ensaio Sobre a Cegueira de José Saramago.
5 - Que livro leste cuja «cena final» jamais conseguiste esquecer?
Creio que todos os livros tem suas sutilidades, começo, meio e fim, há de marcar-nos em algum momento.
6 - Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual o tipo de leitura?
Meu saudoso e querido pai, desde a infância, me dava livros de diversos assuntos, desde filosofia, Platão, Sócrates, Sêneca à Shakespeare, Victor Hugo... O primeiro livro que me lembro foi O Meu Pé de Laranja Lima, não recordo o Autor. Daí meu gosto pela leitura desde a meninice...
7 - Qual o livro que achaste chato, mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?
Acho que nenhum, se o livro não me prender, deixo-o.
8 - Indica alguns dos teus livros/Autores preferidos.

Abgar Renault
Mario Quintana
Gibran Kahlil Gibran
Cecília Meireles
Florbela Espanca
Carlos Drummond de Andrade
Fernando Pessoa
Victor Hugo

Cartas a um Jovem Poeta (Rainer Maria Rilke)
Ilíada e Odisséia (Homero)
Antologia Poética (Mario Quintana)
Ulisses (James Joyce)
A Divina Comédia (Dante Alighieri)
Sonetos (Shakespeare)
Água Viva (Clarice Lispector)
Cem Dias Entre Céu e Mar (Amyr Klink)
Creio que um dia todos devam ler OG MANDINO, não tem como não sentir uma injeção de ânimo com seus escritos...
O Maior Vendedor do Mundo (OG Mandino)
O Maior Mistério do Mundo ( OG Mandino)

9 – Que livros estás a ler?
Estou relendo Cartas a um Jovem Poeta ( Rainer Maria Rilke)

10 - Indica 10 amigos para responderem a este inquérito.

Meu amigo J. Universo, Blog do Universo
http://juniverso.blogspot.com/
Meu amigo Joe, Stormy Wheather
http://joe-ant.blogspot.com/
A querida amiga Rosana Souza, Asas da Liberdade
http://rosanasouzanasasasdoanjoazul.blogspot.com/
O portuga amigo Vasco, Da Cor do Índico
http://dacordoindico.blogspot.com/
A amiga Lídia, Gavetas da Lídia
O amigo Assis, Mil e Um Poemas
http://mileumpoemas.blogspot.com/
A amiga Zélia, Ad Litteram Zélia
O amigo Santa Cruz, As Vozes da Minha Alma
http://asvozesdaminhaalma.blogspot.com/

*São muitos Blogs especiais que conheço, perdão por não poder indicar a todos, mas convido meus "Seguidores" de Blog e Visitantes, para interagir entre si. Trocar experiências no mundo da Blogosfera em prol da Literatura, não tem preço! Carinhoso abraço a todos! Márcia

9 de ago de 2011

O Tempo



Compartilhe esse vídeo:
Link: http://youtu.be/G7zZtu_6SI8

2 de ago de 2011

Carta Ao Homem Solitário - (Trechos)


Caro senhor, eis-me aqui para dizer, sem prosa ou consentimento, que a tristeza é irmã do vento, ora silencioso, ora assustador...
Saiba, nos caminhos que tu queiras estar, jamais estarás sozinho!
É de fato que sabeis, nem sempre os seres estão prontos a nos ouvir falar de nós;
Em verdade, as pessoas são peregrinas, sempre em busca de realizar coisas, nem sempre nos dão ouvidos.
A solidão, companheira fiel esta, levanta com o sol, e apenas repousa quando os olhos fecham...
Sabeis tu, procurai nos recônditos mais distantes, as respostas das muitas perguntas do teu velho coração.
As manhãs, bailarinas sorridentes a brincar com sois, faróis de imensidão a olhar por nós...
Veja senhor, para cada folha que cai há uma sombra, uma terra, um acento, um repouso... Um leito, ainda que o último! Há um lugar que lhe permite descansar os pés...
Na vida, feridas estão sempre abertas, janelas e portas precisam de arestas, a passar por nós...
Certezas, são estrelas a brilhar no céu...
Entre o véu da melancolia, há notas desenhadas na partitura da vida.
Seja tu, o maestro! Afine o violino da saudade, esqueça o tambor da vaidade...
Faz do destino, teu palco de vitória!

(Márcia Cristina Lio Magalhães - Livro Poetar)
Trechos de: Carta Ao Homem Solitário