Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
A poesia é água cristalina, sacia a sede, alimenta o espírito. Já não posso mais dizer se ela quem me habita ou o contrário. Como explicar sobre? A escrita é uma lâmina afiada, um vulcão, ou apenas ilha de águas mornas, banha pés descalços... Nunca quis definir a poesia, melhor esquecer-se das explicações. Escrever passou a ser janela exposta, que por hora, mantêm-se aberta ao mundo de quem lê. *** Mineira/Paulistana/ Poeta, Escritora, Administradora de Empresas, Pós Graduada em Gestão Empresarial. Laureada com o III Prêmio Canon de Literatura e Poesia em 2010. Márcia Christina Lio Magalhães é Sócia-Fundadora da Academia de Letras Juvenal Galeno, onde ocupa a Cadeira nº 10. Diretora de Relações Culturais da ALJUG. Membro da ACE - Associação Cearense de Escritores. Este Blog é dedicado a todos os amantes da poesia e que possamos através dela, unir horizontes, atravessar oceanos, iluminar os corações, alegrar os solitários, apaziguar a alma, multiplicar as amizades, eternizar as emoções. Sejam bem vindos!*** Livros Publicados: POETAR É PRECISO - 1° edição 2010 ** A PELE QUE HABITO - 1° edição 2013.

18 de abr de 2012

Sílaba

Sobre areia, passos
Tocando os pés
Impiedosa água fria


Para trás
O acaso
Tulipas
Um vaso
sem flor...


No deserto
Música
Flecha - reflexo
Flores por colher...


Lágrimas de cachoeira
Livros sobre a mesa
Manhãs de anoitecer...


Para trás
Olhos da noite
Companheira madrugada
Taça
Só o que restou


Brisa de palavras
Sol da meia noite
Metades de um pedaço...


Para trás
Tempestade
Calmaria
Nave
Velhos pergaminhos


Do secreto
Abismo
Gaivota
Rota
Inversa correnteza...


Dou adeus a morte
Renasço do verso
No abraço das letras...

(Márcia Christina Lio Magalhães)

*Re-editado

14 comentários:

  1. Belo poema, Márcia.
    Parabéns
    Ótimo fim de semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amigo Fred!

    Ótimo findi pra tu tbm...

    abraços,

    ResponderExcluir
  3. a sílaba sibila nos teus versos,

    beijo

    ResponderExcluir
  4. Que encanto, Marcia Cristina!
    O poema todo é maravilhoso, mas a última estrofe , não encontro palavras que consigam expressar a beleza que contém...
    Beijo, querida amiga!

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga Márcia.
    Já li muita coisa que escreves, mas este poema me prende de maneira especial. Qualquer coisa me diz que me revejo neles. Lindo de verdade.
    E desculpa a minha ausência. Não te tenho visitado como mereces.
    Beijos amiga.
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  6. Assis meu amigo, teus coments são a síntese dos poemas que tbm encontro no teu espaço...obrigada!

    Zélia querida, sempre tu com palavras sorriso, alegra-me muito tê-la por aqui... ;-)

    Fico feliz amigo Gil, tu faz falta por aqui...
    Lhe perdoo a ausência, porque hoje vieste...

    Abraço forte aos amigos!

    ResponderExcluir
  7. Márcia querida, tudo aqui é lindo!
    Merecido Livro esse Poetar.

    Abraço!

    Pedro Saulo

    ResponderExcluir
  8. querida amiga márcia, as tuas palavras são a própria tinta que escorre do coração. a sensibilidade e o encantamento poético vivem, há muito, em ti.
    um beijinho!

    ResponderExcluir
  9. "Não permita
    que a vida passe sem que as pessoas
    saibam o significado
    que elas tem para você."


    (Pe.Fábio de Melo)

    Feliz Noite e carinhos meus! M@ria

    ResponderExcluir
  10. Jorge, tu sempre a me conceder palavras sorriso!
    Obrigada pela tua amizade, sempre e muito!

    Carinhoso abraço!

    ResponderExcluir
  11. M@ria minha querida, que pensamento valioso!
    Obrigada por compartilhar!...

    Beijo de bom dia!

    ResponderExcluir
  12. O espelho não é apenas a verdade
    mas a face de uma grande mentira.
    Ao me olhar nele não vejo minha imagem
    mas uma grande saudade do que passou.

    Maria Eduarda


    BOM FDS............Beijos & Flores!! M@ria

    ResponderExcluir
  13. Obrigada M@ria pela visita! Volta sempre! faz deste cantinho tbm um espaço teu...

    bj.
    Chão de estrelas sempre!

    ResponderExcluir

Olá, fico feliz que estejas aqui! Agradeço por deixar um aceno, uma palavra, um pontinho que seja da tua opinião.
Faz deste cantinho teu também e volta, sempre! Deixo um beijo, com sorriso... Márcia Magalhães